Posts Tagged ‘Mike Bickle’

Porque Estudar os Selos, Trombetas e Taças? – Mike Bickle

6 de outubro de 2015

Devido ao “burburinho” recente sobre o fim do mundo, catástrofes, lua de sangue, apocalipse e textos fora de contexto, resolvi traduzir um material do Mike Bickle focado especificamente nas 3 séries de Julgamentos de Apocalipse mais conhecidos como Selos, Trombetas e Taças.

Meu desejo é que esta pequena introdução gere em você, querido leitor, um santo desejo de estudar as escrituras profundamente.

  • Pretendo continuar traduzindo conforme Deus me der graça (tempo) e parceiros para ajudar a traduzir.
  • Perguntas são bem vindas, discussões também.
  • Ironia, orgulho, arbitrariedade e outros afins não são bem vindos.
  • Pode copiar, publicar, etc, etc.
  • “Nosso Copyright é o seu direito de copiar” Mike Bickle

Victor Vieira

FullSizeRender

1 – Três Séries de Julgamentos: 7 Selos, 7 Trombetas, 7 Taças

A – as três séries de julgamentos relacionados em Apocalipse são: 7 Selos (Ap 6), 7 Trombetas (Ap 8-9) e  7 Taças da Ira de Deus (Ap 15 e 16). Eles descrevem os julgamentos que serão liberados sobre o anticristo e seu império durante a Tribulação.

B – O livro de Apocalipse é sobre a Revelação de Jesus, pois revela seu coração, poder e liderança para preparar as nações para a glória de Deus. O propósito do Pai em nos dar este livro é revelar a majestade de Jesus. Secundariamente, Apocalipse é um livro sobre o fim dos tempos.Se lermos este livro com a perspectiva correta, isso nos fará adorar a Jesus e confiar em Sua liderança.

C – Os eventos profetizados em Apocalipse são muito importantes. Eles incluem a volta de Jesus à terra para estabelecer seu Reino enquanto ele libera julgamentos e lança Satanás na prisão.

D – Devemos ensinar e meditar neste assunto regularmente para que a “fumaça da falta de fé” possa deixar nossa mente em relação a estes eventos históricos, sem precedentes. Não veremos este assunto com clareza até nos familiarizarmos com o que as escrituras dizem sobre eles.

E – O ponto principal do livro de Apocalipse é Jesus retornando à terra no contexto de julgar o império do anticristo na Grande Tribulação por 3 anos e meio. O assunto secundário é a tribulação contra os santos causada pelo anticristo (Ap 12:12; 13:4, 8).

F – Apocalipse é o livro de “Atos do fim dos tempos”, os atos do Espirito através da Igreja no fim dos tempos. Assim como Moisés liberou as pragas de Deus sobre o Egito através da oração, e os Apóstolos liberaram o Seu poder no livro de Atos pela oração, também a tribulação será liberada pela oração sobre o império do anticristo. Os milagres do Exodo e de Atos serão combinados e multiplicados em nível global.

G – O livro de Apocalipse é um “manual de oração canonizado” que equipa a Igreja para ser parceira de Cristo contra o anticristo. Nada como isso aconteceu em toda história, onde centenas de milhões se unem em oração com um “manual infalível” que revela o plano de Batalha de Jesus.

H – O movimento de oração do fim dos tempos sob a liderança de Jesus irá liberar Seus julgamentos através da oração (Ap 5:8, 6:9-11, 8:3-5, 9:13, 10:6, 16:7; 19:2). Não devemos temer a Grande Tribulação como se fossemos vitimas sem poder. Com ousadia nos posicionamos como Noiva de Cristo para liberar pela oração.

Estejam na sua garganta os altos louvores de Deus, e espada de dois fios nas suas mãos,

Para tomarem vingança dos gentios, e darem repreensões aos povos;

Para prenderem os seus reis com cadeias, e os seus nobres com grilhões de ferro;

Para fazerem neles o juízo escrito; esta será a honra de todos os seus santos. Louvai ao Senhor.

Salmos 149:6-9

2 – Entendendo a Série de Três Julgamentos de Deus (Ap 6-16)

A – As três séries de julgamentos são eventos literais que não devem ser explicados simbolicamente ou historicamente. Nosso método de interpretação é simples, literal e com abordagem de senso comum. Todos os eventos e números no livro de Apocalipse são para ser entendidos de forma literal a não ser que sejam especificamente indicados como simbólico, como em Apocalipse 1:20, 5:6, 11:8, 12:1, 3, 9, 17:7, 9.

B – As três series de julgamentos são futuros. Eles ainda não aconteceram na história. A Visão preterista de forra errônea vê muito do livro de Apocalipse como já cumprido na destruição de Jerusalem e na queda do império Romano (nos três séculos após a morte de Jesus). O ponto de vista histórico erroneamente interpreta apocalipse como o desenrolar progressivo da história da Igreja ao ver muitas destas profecias como cumpridas ao longo da história. O ponto de vista idealístico não vê nenhuma aplicação de fim dos tempos no livro de Apocalipse, e erroneamente o interpreta como mero simbolismo do conflito espiritual entre o bem e o mal que ocorreu ao longo da história.

C – A série de três julgamentos são numeradas de acordo com a ordem cronológica em que eles acontecem. Por exemplo, o primeiro selo é seguido do segundo selo, que da sua vez antecede o terceiro e assim por diante. Por que os julgamentos de Deus ocorrem em seqüência numerada, a Igreja global pode ser unir em fé e oração para os liberar contra a opressão do anticristo.

D – As três sérios de julgamentos são redentivas. Eles vão criar uma crise global que resulta em muitos não convertidos clamando por salvação, enquanto resiste a perseguição do anticristo aos santos e destrói sua infra estrutura mundial opressiva. Apocalipse não é a profecia do dia do juízo final e do fim do mundo. Ele é sobre o novo começo de Deus para o mundo. O nascimento de uma criança é o fim de uma gravidez, mas é muito mais sobre o nascimento de uma nova vida. Nós estamos chegando ao fim da noite escura da opressão de Satanás na história humana, e no nascer de um novo dia.

E – A série de três julgamentos é progressiva e com isso elas crescem em intensidade conforme cada série é liberada. O Julgamento dos Selos é superado em severidade pelo Julgamento das Trombetas, que é superado pelas Taças. Por exemplo, um quarto da raça humana morre no quarto selo (Ap 6:8), e ainda há um aumento para um terço morrendo na sexta trombeta (Ap 9:15).

  1. Os Selos nos alertam de algo importante que virá. Eles são preparatórios, semelhantemente a um embrulho de presente que embala o conteúdo dentro do pacote. O embrulho cria a expectativa para o mistério que está dentro. A natureza do selo é manter privado algo que se aguarda. O conteúdo dentro de um rolo sempre é muito mais importante que os selos que mantém a sua privacidade. Os sete selos ao redor do rolo precisam ser rompidos para abrir o rolo e para liberar o seu conteúdo misterioso (O Plano de Batalha de Jesus).
  2. As trombetas nos advertem se algo mais severo que está por vir. Eles falam dos iminentes desastres que exigem ações extremas, desesperadas e emergenciais.
  3. As Taças são derramadas totalmente, sem nenhum atraso ou impedimento.

Continua…

Original: Mike Bickle – Seals, Trumpets and Bowls: Jesus’ End-Time Judgments – IHOPKC
Tradução: Victor Vieira

Intensivo em Português IHOPKC – Download das Mensagens em MP3

9 de junho de 2014

Intensivo em Português IHOPKC - Download das Mensagens em MP3

Todas as mensagens do intensivo em Português realizado no IHOPKC em Abril de 2014.

Arquivos disponibilizados e aqui reproduzidos com autorização do Departamento Português do IHOPKC.

Se você deseja visitar o IHOPKC para o Intensivo Português do ano que vem, entre em contato.

Intensivo em Português no @IHOPKC – Caravana Saindo do RIO em Abril 2014

9 de janeiro de 2014
ihopkc_intensivo_portugues2014
Estamos diante de um momento crítico na história. Há um grande declínio espiritual nas nações que tem contribuído para uma grande crise moral que está varrendo a nação. Aborto, tráfico humano e casamento homossexual se tornaram comuns. Os desafios são muito grandes para serem contados.

Embora a crise seja grande e a necessidade de um avivamento ainda maior, Deus está capacitando sua noiva para responder a esses desafios com o poder. Deus está chamando em toda Terra, uma Igreja que ora e que irá envolver seus corações em intercessão para a liberação dramática do poder do Espírito Santo. A expressão do cristianismo irá retornar aos seus fundamentos apostólicos e ver a maior reforma que a Terra já testemunhou.

Jesus profetizou, “Minha casa será chamada casa de oração…” O cumprimento dessas palavras de Jesus estão invadindo a terra em nossos dias. O Senhor está levantando em toda Terra comunidades que oram e jejuam e em breve veremos o livro de Atos novamente acontecer.

Neste intensivo, você experimentará uma semana de imersão na Casa de Oração Internacional de Kansas City (IHOPKC).
Você receberá ensino de líderes chaves do IHOP, treinamento prático de Harpa e Taça, participará de turnos em Português na Sala de Oração Para as Nações e experimentará o ambiente único da Sala Global de Oração, que mantêm adoração e oração contínua por mais de 14 anos.

O alvo deste intensivo é o de equipar você para que você possa entender os ensinos fundamentais do IHOPKC e para que você possa desenvolver a visão em sua própria igreja ou ministério.

IHOPKC – Dpto. Português

O PACOTE INCLUI:

–       Caravana saindo do Rio de Janeiro no dia 26 de Abril. Retorno no dia 04 de Maio.

–       Passagem aérea United Airlines Rio de Janeiro / Kansas City / Rio de Janeiro em classe econômica;

–       Recepção Bilíngüe no Aeroporto Kansas City;

–       Traslado Aeroporto – IHOPKC – Aeroporto;

–       7 noites de hospedagem em apartamento na Base Missionária IHOPKC (Quarto com companheiros da caravana);

–       Inscrição do Evento.

RESERVAS & FORMAS DE PAGAMENTO:

–     À Vista
–     Entrada + 5 Vezes

contato@victorvieira.org
adriana@l7viagens.com.br
luciene@l7viagens.com.br

Telefax:  (27) 3325-0350

Vivo: (27) 99746-4505 / Tim: (27) 98121-8988

Releia um Post sobre uma visita ao IHOPKC – Avivamento Sustentável

 

 

Kirk Bennett & Rodney Henderson – Tour IHOP-KC no Brasil

14 de junho de 2012

Ajude a Divulgar!


Apresentação:

Kirk Bennet & Rodney Henderson são parte da liderança do IHOP-KC (Casa de Oração Internacional – Kansas City) a anos.

Kirk fundou o ZHOP – Zadok House of Prayer e anos depois se mudou com toda a sua equipe ministerial para Kansas City, onde se juntou ao IHOP-KC, onde lidera o departamento de Atos de Justiça.

Rodney já foi pastor e plantador de Igrejas em Atlanta-EUA e agora é Vice-Presidente de Missões Internacionais do IHOP-KC, e foca seu ministerio em ensinar, discipular e treinar Comunidades ao redor do mundo em oração e adoração como um estilo de vida, Fé, Curas e Missões.

Kirk & Rodney estão focados em servir as nações com um grande coração de Pai, e compartilham muitos testemunhos sobre o poder de Deus em missões nas nações.

Mike Bickle – Carta de Recomendação

Aos Santos de Deus;

Eu quero lhe recomendar Kirk Bennett como um ministro do Senhor. Kirk e sua esposa Dee e seus filhos Isaac, Katie e Abby estão com o staff do IHOP-KC desde o nosso começo. Sua lideraça no IHOP-KC é extremamente encorajadora em nossa organização. Ele já serviu como Diretor do Ministério de Equipes de Profecia do IHOP-KC e atualmente serve como Vice Presidente e supervisiona o Departamento de Atos de Justiça.

Kirk mora em Kansas City e investe a maior parte do seu tempo ministrando ao Senhor e ao Corpo de Cristo.

Eu envio Kirk para viajar e falar sobre os valores do IHOP-KC sobre oração, profecia e justiça para as nações. Kirk é um mestre profundo e carrega autoridade e um caráter divino.

Ele leva consigo uma palavra profética para o Corpo de Cristo, e a compartilha com uma verdadeira voz precursora.

Seu ministerio é benéfico para Igrejas, Casas de Oração, Cidades e Nações.

Mike Bickle – Fundador e Lider Sênior do IHOP-KC

DATAS DA TOUR

Junho

27 Itajai/SC – Mevam – www.mevam.org.br
28 Itajai/SC – Mevam – www.mevam.org.br
30 Itajai/SC – Mevam – www.mevam.org.br
Julho
02 Valinhos/SP – Igreja de Deus do Leão – www.igrejadedeusdoleao.com.br
03 Valinhos/SP – Igreja de Deus do Leão – www.igrejadedeusdoleao.com.br 
05 Brasilia/DF – Conferência Nova Geração – www.inovageracao.com
06 Brasilia/DF – Conferência Nova Geração – www.inovageracao.com
07 Vitoria – Igreja em Vitória – www.igrejavix.com.br
08 Vitoria – Igreja Batista Filadelfia – www.batistafiladelfia.com.br
09 Vitória – Base Amigos do Noivo – www.amigosdonoivo.com
10 Vitória – Base Amigos do Noivo – www.amigosdonoivo.com
13 Sao Paulo – Imosp – www.cmsp.org.br 
14 Sao Paulo – Imosp – www.cmsp.org.br 
15 Sao Paulo – Imosp – www.cmsp.org.br 
16 Rio de Janeiro – Min. Apostólico Nova Geração / São João do Mereti
17 Rio de Janeiro – Igreja Batista Campos dos Afonsos
18 Rio de Janeiro – Igreja Batista Campos dos Afonsos
19 Rio de Janeiro – Comunidade Honório Gurgel
20 Rio de Janeiro – Igreja de Deus – Belford Roxo
21 Belo Horizonte – Comunidade Zona Sul/BH – louvorcczs@hotmail.com
22 Belo Horizonte – Comunidade Zona Sul/BH – louvorcczs@hotmail.com

O Ambiente do Trono / Características e Revelação

2 de fevereiro de 2012

O Ambiente do Trono / Pat Mavenko Smith

Todos os meses na nossa comunidade, paramos os 3 primeiros dias para jejuar e orar.

Para que nossa vida no Lugar Secreto seja produtiva, fluente e agradável, tenho proposto estudos que revelam características a respeito de quem estamos nos relacionando: Deus.

Confira também o material sobre as 18 características de Jesus em apocalipse 1

A idéia é fazer com que nossa experiência no Lugar Secreto seja racional, sustentada na palavra, duradoura e nos livre da desilusão de durar pouco. Creio que termos conhecimento sobre onde estamos, com Quem estamos lidando, quais são Suas expetativas e interesses vai ser muito útil e prático.

Não sei se deu para perceber, mas tenho grande interesse em reuniões de oração, e dirigi-las ultimamente tem sido uma grande alegria, sempre cheias de surpresas e da preciosa presença de Jesus.

Mas quando me preparo para dirigir uma reunião de oração, ou para o meu tempo pessoal, sempre tenho em mente que estarei diante do trono de Deus, o centro de controle do universo. Me sinto confiante para preparar o material a ser seguido, mas sei que tenho que estar pronto para “improvisar” de acordo com que a conversa caminha.

Não se preocupe se alguém disser que você está metodizando o seu encontro com Deus. Estamos falando de uma longa vida, de disciplina e perseverança. Use e confie em ferramentas que te proporcionam isto, e que estão respaldadas pelo poder do exemplo e da estrada 🙂

vamos lá:

 

Apocalipse 4 é o “ambiente da beleza de Deus”.

O capítulo 4 de Apocalipse nos dá a maior revelação da beleza de Deus nas Escrituras. O que Deus colocou a Seu redor expressa a Sua beleza à Sua criação.

Apocalipse 4:2-7 descreve 4 categorias da beleza de Deus, com 3 temas específicos cada (um total de 12).

1. A beleza da Pessoa de Deus: a aparência, o sentimento e as ações de Deus (Ap 4:3)

Pedras preciosas, falam de beleza incomparável e inesgotável.

O Arco da aliança fala do comprometimento de Deus com os homens. Deus ter um arco-iris no ambiente do seu trono é o mesmo que um pai que possui uma bela foto de seus filhos em seu ambiente de trabalho.

2. A beleza dos Parceiros de Deus: a Igreja entronizada, vestida e coroada (Ap 4:4)

Nós não como nos vemos, mas de baixo da poderosa perspectiva do próprio Deus: Em lugar de honra e autoridade, vestidos de santidade e totalmente regenerados em nossa natureza e tendo alcançado o prêmio.

A Beleza dos Parceiros de Deus / Pat Mavenko Smith

3. A beleza do Poder de Deus: poder manifesto com relâmpagos, vozes e trovões (Ap 4:5 ver também Ex 19:16-19)

Da mesma forma como receber um raio na cabeça deve ser bem marcante, o que acontece na presença de Deus deve marcar nossas vidas. Devemos tomar nota do que Deus está fazendo para viver conforme fomos marcados. Lembre-se de quantas palavras poderosas você já recebeu e nem se lembra mais. Devemos gravar estas vozes que saem do trono.

4. A beleza da Presença (fogo) de Deus: nas lâmpadas, no mar de vidro e nos serafins. (Ap 4:5b-7; Ap 15:2)

As lâmpadas nos falam da obra e da presença do Espirito em nós, e se nos lembramos das características de Jesus, sabemos que Ele anda no meio dos candeeiros (lâmpadas), pois se envolve profundamente conosco. Ele anda junto a nós, e está sempre ciente das nossas necessidades, fragilidades e pressões.

O Mar de Vidro é o lugar onde os santos se reúnem diante de Deus. Vidro sempre vai lembrar transparência tanto diante de Deus como diante da comunidade de Santos reunidos diante do Trono.

Serafim literalmente significa “fogo” ou “aquele que queima”. São os primeiros na hierarquia dos anjos e Deus faz dos seu mensageiros chamas de fogo. Que ele faça isto em nós também.

Também é interessante notar que os 4 seres são cheios de olhos, pois sua principal ocupação é estar fascinado com a beleza daquele que se assenta no trono. Creio que esta fascinação gerada pela beleza produz duas coisas nos 4 seres viventes que precisamos em nossas vidas:

  1. produz força para estar incansável na presença de Deus.
  2. reproduz em suas próprias feições as características daquele a quem eles adoram; Jesus é o Rei dos Reis (leão), o Servo de Todos (novilho), o filho do Homem (homem) e o Filho de Deus (águia).

Extraido do Book of Revelation Study Guide de Mike Bickle

Ilustrações por Pat Mavenko Smith / Revelation Illustrated

 

 

 

18 descrições de Jesus em Ap1

6 de janeiro de 2012

Fascinar = Atrair irresistivelmente 🙂

 

Este material foi traduzido e adaptado do livro Book of Revelation Study Guide do Mike Bickle. Tem sido uma ótima ferramenta para períodos de jejum e oração, meditação, e para descobrir mais sobre quem é este fascinante homem-Deus.

Este livro é tão bom, mas tão bom, que foi compilado pela Misty Edwards, e tem até um app de Iphone para ele. Este assunto é tratado ainda no comecinho do livro, e o restante é tão bom quanto o começo! Realmente eu recomendo a leitura a quem tiver acesso.

Mensalmente nós tiramos 3 dias na primeira semana do mês para Jejuar e expandir nosso coração, afim de amar mais a Deus e desfrutar mais do Seu amor por nós. Neste janeiro, este foi o assunto (embra seja assunto para uma vida inteira!).

Nosso exercício se baseia em Apocalipse 1:3: “Bem-aventurado aquele que , e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas…”

  1. Passamos ponto por ponto, lendo e meditando no tema; orando e concordando com a descrição que João descreve sobre Jesus.
  2. Paramos para ouvir o que o Espirito Santo tem a dizer sobre a descrição em questão. E realmente Ele traz clareza e profundidade sem igual!
  3. Concordamos com o que o ES falou, e nos comprometemos a guardar aquela revelação, a colocando em prática, a ensinando, e orando para que este entendimento alcance a Igreja.

Simples assim, profundo de mais!

Em tempos de Facebook e tantas outras distrações, ouse se fascinar por Jesus!

Um abraço,

Victor Vieira

18 DESCRIÇÕES DE JESUS EM APOCALIPSE 1

1 e 2 – Alfa e Ômega: v.8

Ele é Divindade com integridade (inteireza) absoluta na sabedoria e no amor. O alfabeto grego inicia-se com a letra “alfa” e termina com a letra “ômega”. A frase Alfa e Ômega significa a primeira e a última letra, incluindo todas as outras letras no meio, que indica inteireza. Este título revela Jesus como o Senhor soberano sobre tudo que acontece no curso inteiro da história. Jesus estabeleceu um plano eterno para nós, sem nada a faltar.

3 – Voz como trombeta: v.10

Ele é a testemunha que avisa fielmente as pessoas sobre a vinda de juízo. Ele é a Testemunha Fiel e Verdadeira, nos dizendo a toda a verdade (Ap 1:5; 3:14).

4 – Anda no meio dos sete candeeiros de ouro: v.13

Ele anda no meio dos candeeiros (Igreja; Ap 1:20), pois se envolve profundamente conosco. Ele anda junto a nós, e está sempre ciente das nossas necessidades, fragilidades e pressões.

5 – Filho do Homem: v.13

O Deus-Homem que governará todas as nações da terra como o Rei dos reis, conforme prometido a Davi em 2 Samuel 7 e visto em Daniel 7:13-14.

(Dn 7:13-14) 13 … eis que vinha com as nuvens do céu um como o Filho do Homem, e dirigiu-se ao Ancião de Dias… 14 Foi-lhe dado domínio, e glória, e o reino, para que os povos, nações e homens de todas as línguas o servissem; o seu domínio é domínio eterno, que não passará, e o seu reino jamais será destruído.

6 – Vestido de uma veste talar: v.13

Ao usar a vestimenta de um sumo sacerdote, Jesus se mostra como o Sumo Sacerdote, que se compadece por nós e que é favorável a nós, e que nos preparou um caminho para vivermos na presença de Deus.

(Hb10:19-22) 19 Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus, 20 pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne, 21 e tendo grande sacerdote sobre a casa de Deus, 22 aproximemo-nos…

(Hb 4:14-16) 14 Tendo, pois, a Jesus, o Filho de Deus, como grande sumo sacerdote… 15 Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado. 16 Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna.

7 – Cingido à altura do peito com cinto de ouro: v.13

Ele possui o peitoral de um sumo sacerdote Judeu, sendo o nosso mediador eterno e definitivo. O Ouro fala de pureza e intimidade  (Ex 25:7; Lv 16:4).

8 – Cabeça e cabelos brancos como a lã, e brancos como a neve: v.14

Deus Pai, O Ancião de Dias, possui cabelos brancos (Dn 7:9). Significa a preexistência eterna de Jesus, com pura e perfeita sabedoria e dignidade (Lv 19:32; Pv 16:31).

(Dn 7:9) 9 … o Ancião de Dias se assentou… os cabelos da cabeça, como a pura lã…

9 – Olhos como chama de fogo: v.14

O olhar de Jesus busca e penetra todas as coisas, semelhantemente ao fogo que penetra o metal. Ele é Deus, com olhos como de fogo que transfere o amor santo e remove tudo aquilo que resiste a este amor. Ele possui olhos de amor e zelo por Seu povo, como um Noivo. (Ap 2:18-23)

10 – Pés semelhantes a latão reluzente (bronze): v.15

Ele julga o pecado. O Seus pés são semelhantes a latão reluzente, que julgam todos os Seus inimigos. como um poderoso guerreiro. Jesus está comprometido em pisar vitoriosamente sobre Jezabel. Ele colocará todos os Seus inimigos debaixo de Seus pés (Sl 110).

11 – Voz como uma voz de muitas águas: v.15

Ele possui uma voz poderosa, como em Genesis 1, e que comanda os exércitos do Céu e da Terra.

(Joel 2:11) O SENHOR levanta a voz diante do seu exército; porque muitíssimo grande é o seu arraial…

12 – As sete estrelas na sua mão direita: v.16

Jesus segura na sua mão as nossas vidas, com a promessa de dar-nos unção, direção e proteção. Ele demonstra ternura para conosco, mesmo quando nos sentimos inadequados ou quando falharmos. Jesus segura Seus líderes na Sua mão, enquanto nos ajuda a realizar o que Ele nos ordenou.

13 – Aguda espada de dois gumes que sai de Sua boca: v.16

Ele libera o poder do Espírito Santo e Seus juízos. Com zelo, Ele peleja por nós com a espada de Sua boca, contra todo aquele que nos opõe. O fôlego de Sua boca é outra forma de expressar o poder de Suas palavras.

(Ef 6:17) … a espada do Espírito, que é a palavra de Deus.

(Ap 19:15) 15 Sai da sua boca uma espada afiada, para com ela ferir as nações; e ele mesmo as regerá com cetro de ferro…

14 – Rosto como sol: v.16

Ele traz fascinação à Sua Igreja capturando sua atenção, e o Seu rosto é uma arma contra os Seus inimigos, uma vez que é impossível olhar diretamente ao sol. Ele é a Estrela da Manhã, que nos enche de brilho.

(2 Ts 2:8) e, então, será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca e aniquilará pelo esplendor da sua vinda

15 e 16 – Jesus é o Primeiro e o Último: v.17

Remete a Sua humanidade. Ele é o primeiro ressurreto dentre os mortos (1 Co 15:20) e o primeiro em autoridade (Cl 1:15, 18; Ap 5:12). Este é a descrição de Jesus mais utilizada em Apocalipse (Ap 1:11, 17; 2:8; 22:13). Ele fez esta citação no contexto de Sua morte e ressurreição, e chama-nos a resistir o medo, mesmo diante de martírio.

(Ap 2:8-10) 8 Estas coisas diz o primeiro e o último, que esteve morto e tornou a viver… 10 Não temas as coisas que tens de sofrer… Sê fiel até à morte…

(Cl 1:5, 8) 5 … o primogênito de toda a criação… 18 Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia

17 – Aquele que vive: v.18

Ele entende a nossa humanidade e o nosso sofrimento, possui poder sobre a morte e conhece o caminho da vitória. Ele voltou à vida. Ele tem poder sobre a morte e dá a vida eterna. Ele “foi morto, mas agora vive” depois que experimentou o sofrimento de uma morte cruel. Nossa visão da morte é diferente da dEle, porque Ele está enraizado na eternidade.

18 – Chaves do Reino: v.18

Ele possui a autoridade sobre o Inferno e a Morte, e a chave de Davi para implantar e estabelecer o Reino. Ele possui a chave de Davi para abrir e fechar todas as portas necessárias.

Avivamento Sustentável – IHOP-KC Report

18 de abril de 2011

Essa semana eu e Maria tivemos a oportunidade de participar de um seminário no IHOP em Kansas chamado Praying Church [A Igreja que Ora]. Esse seminário faz parte de um programa de treinamento local da base de missões do IHOP conhecido como `comission`.

Durante uma semana um grupo de brasileiros, envolvidos com liderança [na esfera pastoral e na área da música], teve a oportunidade de conhecer de perto um pouco da convicência e prática da Casa de Oração.

Elcio Lodos, brasileiro radicado em Londres onde junto com sua família dirige a IHOP Londres, cooperou com a tradução das sessões de ensino. Dwayne Roberts [um dos idealizadores da One Thing] foi o mediador principal dos encontros e enfatizou a sustentabilidade gerada no ambiente devocional.

No primeiro dia de treinamento, Corey Russell trouxe uma encorajadora palavra sobre sacerdócio à luz de Efésios 1; Dale Anderson fez uma profunda exposição do Salmo 132; Ron Downing foi o responsável por trazer um overview de todo conteúdo teológico com enfoque em escatologia, característica forte e basilar aqui no IHOP; e a sequência de ensinos foi concluída com o diretor e fundador da base de missões, Mike Bickle que nos contagiou com sua paixão pelas Escrituras e desejo pela volta de Jesus.

Tivemos a oportunidade de ver um pouco dos bastidores do funcionamento da Sala Global de Oração, as instalações recem-inauguradas da IHOPU [universidade], e diversas outras bases operacionais espalhadas pelo bairro de Grandview.

Dwayne Roberts

A qualidade com que tudo é feito aqui, a profundidade dos professores/pregadores, a música e tudo que vimos e ouvimos nesses dias foi surpreendente. Mas destaco algumas características que creio eu serem fundamentais para nós como Igreja:

Não existe aqui uma mentalidade triunfalista típica de ministérios norte-americanos; tudo é feito com muito pé no chão a partir de uma postura humilde de buscar a direção de divina através da Palavra, do jejum e da oração;

De fato, é uma casa internacional, pois tem gente do mundo todo aqui, e não é apenas um point da moda de jovens yankees de classe média. Até mesmo porque, Grandview, de acordo com tudo que ouvimos aqui e até vimos dentro desse contexto, não é um lugar muito atrativo e badalado;

Simplicidade, generosidade e hospitalidade fazem
parte da agenda desses irmãos aqui;

Mike Bickle

É um dos movimentos com ênfase avivalista mais sóbrios que eu já conheci, e isso se confirmou nesses dias aqui, acompanhando de perto como eles servem a Igreja.

Essas são algumas impressões que tive que me deixaram positivamente surpreendido. Não digo isso com um olhar meramente crítico, mas porque sempre oramos pra ver coisas assim acontecendo. Evidentemente, IHOP não é perfeito [e Bickle é muito sábio em sempre frisar isso de forma que nao soe como falsa modéstia], mas é bom ver que esses irmãos estão se voltando com tanto fervor e diligência ao que Deus tem para eles aqui. Hoje, o movimento de oração e intercessão é apontado por muitos como expressões desequilibradas, heréticas e sem fundamento bíblico ou sequer de relevância cultural. O que vi aqui é bem encorajador, porque é perceptível que IHOP tem conseguido furar o bloqueio do American Way of Life de forma sóbria, com uma espiritualidade vibrante e cristocêntrica. É animador ver isso em dias de tanto relativismo, frieza, descaso e abandono de fé. Que venha o Reino do Senhor!

João Costa

Charisma Magazine – Matéria com Mike Bickle e IHOP-KC

3 de novembro de 2010
do que Deus chama a sua Casa?Preparando para o Fim / Fotos

Nós não cessamos de orar

O IHOP-KC é a matéria de Capa da Revista Americana Charisma. Ainda tem uma matéria interna com o Mike Bickle falando sobre, é claro, oração.

Click Para ler a Matéria!

Jejuar & Orar | Estes são os dias para isso…

19 de janeiro de 2010

Este texto foi traduzido por minha Irmã Christie, e extraido do site do IHOP-KC

Espero que seja útil para aqueles que vivem / pretendem viver um estilo de vida de jejum e oração.

Até que Ele venha, Victor Vieira.

"Jejuar / Orar"

IHOP–KC Guia de Jejum e Informações

“Dias virão em que lhes será tirado o noivo. Então eles jejuarão”. Mateus 9:15

O jejum produz profetas e fortalece os homens fortes. O jejum faz dos juizes sábios; é a segurança da alma, o camarada fiel do corpo, a armadura do campeão, o treinamento do atleta”.
Basílio, Bispo da Cesaréia (AD 330–379)

“O jejum… abre o caminho para o inundamento do Espírito e da restauração da casa de Deus. Jejuar nessa época de ausência do Noivo é esperar por Sua volta. Em breve haverá o clamor da meia noite: ‘Eis o Noivo, ide-lhe ao encontro!’ Aí será tarde demais para jejuar e orar. A hora é agora”. O jejum que Deus escolheu, Arthur Wallis

Tem havido um ressurgimento do jejum nas ultimas décadas, em resposta ao chamado de Deus ao seu povo ao jejum regular como parte do estilo de vida de um cristão normal. Precisamos nos preparar adequadamente para que o jejum honre a Deus e cumpra seu propósito. O que segue é um resumo geral dos precedentes bíblicos e um guia para o jejum sábio para te ajudar e encorajar.

O jejum é Bíblico

A prática regular do jejum como um comportamento cristão normal foi ensinado por Jesus (Mt. 6:16–17, 9:15), exercitado pela igreja primitiva (Atos 13:2), e tem sido parte da disciplina regular dos crentes através da história da igreja. A prática do jejum na Palavra normalmente inclui, mas não se limita à abstinência de comida (Dn. 10:3) e pode ser feito em durações variadas – tipicamente por não mais que alguns dias por vez.

Abster-se de todo tipo de comida por períodos estendidos é bíblico, mass raro e incomum na Palavra (Ex. 34:28; I Rs. 19:5-8; Lc. 4:2) e, portanto, não deve ser feito sem aconselhamento ou supervisão apropriada. O mesmo padrão se aplica ao jejum absoluto (o jejum de Ester – nenhuma comida ou água por três dias) de qualquer duração (Est. 4:16). O tempo máximo para um adulto que seja biblicamente suportado é de quarenta dias sem comida, para homens adultos em boa saúde, e três dias sem água. A bíblia não fala de crianças em jejum de comida.

O jejum sempre é voluntário

Embora líderes espirituais possam convidar outros a se juntarem a jejuns como corpo para um propósito específico em mente e por um período específico, o jejum nunca pode ser forçado ou feito compulsoriamente. Tendo isso em mente, o jejum não é um requisito compulsório para se juntar à equipe do IHOP–KC ou à comunidade, mas nós promovemos e encorajamos o jejum como um meio biblicamente e historicamente de obter a graça de Deus no contexto de comprometimento com a oração da Palavra (Joel 2:15). O nível com o qual uma pessoa se compromete a manter um jejum (em particular de comida) deve ser determinado de acordo com a idade e considerando quaisquer limitações físicas. Aqueles que têm uma doença ou inabilitação física conhecida, ou aqueles com qualquer histórico de desordens alimentares nunca devem jejuar, exceto com o consentimento e supervisão de um médico qualificado. Grávidas e lactantes não devem fazer jejum de comida ou bebida, de forma que isso poderia afetar negativamente a saúde e o desenvolvimento de seus filhos e de suas próprias saúdes.

Menores/ Crianças

Menores de idade são desencorajados a fazer jejum de comida e nunca devem se comprometer a jejuar sem o expresso consentimento e supervisão dos pais. Menores que decidam jejuar são encorajados a considerar abstenções que não sejam de comida, como TV, filmes, Internet, vídeo games e outros. Se adolescentes mais velhos fizerem jejum de comida, sob supervisão dos pais, nós os encorajamos a fazerem uso de sucos e proteínas para sustentá-los, em consideração à sua saúde e metabolismos.

Jejuar regularmente

A participação em jejuns regulares como um estilo de vida precisa ser acompanhada de um estilo de vida saudável quando não se está fazendo jejum de comida e deve incluir exercícios e uma dieta apropriada. Um “estilo jejuador” é o estilo de vida de um discípulo, em que nós educamos nossos corpos e tempo com sabedoria e diligência. Jejuar não é somente abstenção; é uma troca onde nos abstemos de certas coisas com o fim de “banquetear” na Palavra de Deus e na oração, onde a abundância de Sua graça se faz mais facilmente disponível a nós. Quando se aceita um compromisso como esse, um estilo de vida se faz sustentável a longo prazo, da mesma forma como foi com Daniel e seus amigos (Dn. 1).

Os benefícios do Jejum

Enquanto o impacto físico do jejum é real, os benefícios espirituais são inegáveis. Qualquer jejum deve ser feito com comprometimento espiritual total de coração e sabedoria quando se lida com o corpo físico; devemos considerar os custos honestamente e honrar o templo do Espírito Santo. Se se jejua parcialmente ou abstendo-se, tudo deve ser para a glória de Deus.

Preparo físico para um jejum que se estenda por mais de dois dias

  • Prepare seu corpo para o jejum e previna gripes durante e depois de jejuar, comendo certas comidas preventivas pelo menos dois dias antes (ou até mais dias para um jejum estendido), tais como: frutas frescas e vegetais crus, sucos de frutas ou vegetais, cereais, etc.
  • Coma refeições menores alguns dias antes do jejum.
  • Evite comidas com alto teor de gordura e açúcar antes de jejuar.
  • Faça seu compromisso e determine a duração. Você pode jejuar de várias formas. Ore e peça a Deus que te dê fé para permanecer até o fim.
  • Um jejum de Daniel, com vegetais e água, é bom para os que estão sobrecarregados de tarefas.
  • Um jejum de sucos de frutas ou vegetais te permite entrar na prática do jejum, mas ainda assim te dá energia o bastante para funcionar. Muitas pessoas fizeram o jejum de sucos por 40 dias. Se você tiver problemas ou sensibilidades à ausência de açúcar (diabetes, hipoglicemia, etc), consulte seu médico antes de tentar esse (ou qualquer outro) jejum.
  • Um jejum de água já foi feito por muitas pessoas. Nós não encorajamos esse jejum sem forte supervisão médica, particularmente no caso de pessoas jovens. Dependendo do seu peso e metabolismo, você pode ir em frente bebendo somente água por quarenta dias.
  • Um jejum total é aquele sem comida ou água. Não vá além de três dias sem água. Discuta seus planos com seu médico, líderes pastorais e cônjuge ou pais. Não encorajamos esse tipo de jejum sem confirmação específica do Senhor através da sua liderança ou pais.

Dicas úteis para seu jejum (físico)

  • Beba muita água filtrada. (beber pelo menos metade do seu peso em litros de água por dia é  uma boa regra tanto para tempos de jejum ou não). Água destilada é  ainda melhor, mas água filtrada e purificada também funciona bem.
  • É sábio se abster de estimulantes fortes como a bebidas com contenham cafeína e açúcar durante um jejum, incluindo as bebidas dietéticas adocicadas. Também evite bebidas de proteína de soja, que são famosas por causar problemas de saúde durante jejuns.
  • Se você está num jejum de suco, beba sucos de frutas naturais como maçã, uva e abacaxi, as quais são ótimas fontes do açúcar natural necessário para estabilizar o nível de açúcar no sangue e manter os níveis de energia elevados. Os sucos de laranja e toranja também são bons, mas não são recomendados para aqueles que sofrem de artrite e alergias. Monitore cuidadosamente a acidade dos sucos, já que isso pode causar princípios de câncer (aftas, etc.). Os sucos de vegetais crus como cenoura, centeio, beterraba ou combinações de vegetais verdes também são excelentes. Sucos de frutas frescas de vegetais podem ser feitos num extrator ou podem ser comprados em poupas (esteja certo de comprar sucos sem adição de açúcar). Alguns dos benefícios de beber sucos naturais ao invés de engarrafados é que eles não estimulam a digestão (causando fome) e eles mantêm todas as enzimas e valores nutricionais.
  • Esteja ciente de que desconfortos físicos virão por causa do processo de desintoxicação, especialmente no segundo dia. Você poderá sentir pontadas de fome ou tonturas. A liberação da cafeína e do açúcar pode causar dores de cabeça, mas isso é parte do processo de desintoxicação. Enjôos físicos podem vir acompanhados de fraqueza, cansaço, náusea e sonolência.
  • Durante o jejum, quatro partes principais do corpo irão sofrer do processo de desintoxicação. Atente ao cuidado com cada uma delas:
  • O cólon / intestino grosso – Durante um jejum de três ou mais dias, tomar um laxante natural (procure em sua farmácia local) antes de ir dormir irá ajudar a eliminar resíduos sólidos; esses podem causar dores de cabeça e lentidão do lado esquerdo do corpo durante um jejum. Isso deve ser feito logo no início do período de jejum e, após, em intervalos durante o restante do jejum. O corpo começa a ser desintoxicado durante o jejum, depositando as toxinas no intestino. Se você não tomar um laxante, as toxinas poderão ferir os seus intestinos ou poderão reabsorvê-los novamente para a corrente sanguínea, fazendo você sentir náuseas.
  • Os rins – Beber sucos de frutas, sucos de vegetais, caldos, ou só muita água irá remover muitas toxinas através dos seus rins.
  • Os pulmões — Se sua força permitir caminhe meia hora por dia para ajudar a limpar os pulmões. Respire fundo também durante o dia, inalando pelo nariz e exalando pela boca.
  • A pele — Já que um terço do que é eliminado durante o jejum sai via pele, planejar seus banhos é essencial. Use uma esponja de esfoliação natural antes de tomar banho, para ajudar a limpar a pele.

Dicas Úteis para o seu Jejum (Espiritual)

  • Procure conselho e permissão antes de jejuar. Procure conselho médico antes de jejuar, especialmente se você tiver algum motivo de preocupação ou condição limitada de saúde. Se você tiver menos que 18 anos de idade, converse sobre o seu desejo de jejuar com seus pais. Cobertura espiritual, submissão e unidade são fatores importantes quando for jejuar. Converse sobre os seus planos com os seus líderes espirituais. Lembre-se, jejuar é uma atitude do coração! Pergunte a eles o que eles considerariam jejuar com você.
  • Jejuar e orar para se humilhar e purificar sua adoração. Jejuar não é tentar conseguir alguma coisa de Deus, mas sim buscar o realinhamento dos desejos dos nossos corações com os Dele. Jejuando, podemos mais eficazmente dizer: “Nós te amamos, Senhor, mais do que tudo no mundo.” A luxúria de qualquer natureza tem pervertido a adoração, mas o jejum nos permite limpar o santuário dos nossos corações de qualquer outra distração.
  • Não se gabe do seu jejum. Somente diga às pessoas que você não está comendo se for necessário (Mt. 6:16–18)
  • Faça o jejum com mais alguém. Dois são melhor que um! Nós encorajamos os pais e os filhos a considerar a jejuar juntos. Muitas gerações jejuando juntas terão um impacto poderoso.
  • Tenha como um alvo claro o foco de orar. Sem uma visão (um propósito claro e profético de orar), as pessoas perecem. Escreva a sua visão para que você possa sempre recorrer a ela (Hb. 2:2)
  • Tire algum tempo para orar e ler a Palavra. Isso pode parecer óbvio, mas as ocupações e as distrações podem te atrapalhar em suas devoções. Ler livros com testemunhos de vitórias conquistadas através do jejum irão lhe encorajar também. “Shaping History through Prayer and Fasting” de Derek Prince, “Fast Forward” de Lou Engle, e “God’s Chosen Fast” de Arthur Wallis são apenas alguns dos livros sobre jejum que estão disponíveis.
  • Espere escutar a voz de Deus através da Palavra, sonhos, visões e revelações. Daniel se preparou para receber revelações através do jejum (Dan. 10:1–2). Existe uma recompensa pelo jejum (Mt. 6:18)
  • Se prepare para a oposição. No dia do seu jejum, você pode apostar que vão ter “sonhos” recheados de creme no seu escritório ou na sua sala. Sua esposa (ou sua mãe) vai de repente se inspirar a cozinhar suas comidas favoritas. Faça um esforço. Muitas vezes você pode sentir mais tensão quando estiver em casa. Satanás tentou a Jesus quando Ele jejuava, e nós devemos esperar o mesmo. O desânimo pode vir como uma enchente, mas respeite a fonte da enxurrada e permaneça na vitória de Cristo.
  • Se você falhar, não se renda à condenação. O dilema de “jejuar ou não jejuar” pode ser uma arma fortíssima do inimigo. Muito embora você possa falhar muitas vezes, Deus sempre estende a Sua graça. Simplesmente aperte o “delete” e vá em frente com o seu jejum.
  • Sinta-se livre para descansar muito e continuar a exercitar-se com supervisão.
  • Avanços comumente acontecem depois do jejum, e não durante. Não dê ouvidos à mentira de que nada está acontecendo. Nós temos convicção de que todo jejum feito com fé será recompensado.

Como entregar seu jejum com sucesso

  • Entregue seu jejum gradualmente. A essa altura, você irá precisar se exercitar sob supervisão e com autocontrole. Interrompa seu jejum com uma refeição leve e fácil de digerir (ex.: um cacho de uvas, uma maçã descascada, melancia ou vegetais cozidos).
  • Quando for entregar um jejum de dez ou mais dias, o período de entrega deve ser estendido por um dia para cada quatro dias de jejum.
  • Um jejum de três dias ou mais nunca deve ser quebrado comendo uma refeição normal (incluindo proteínas animais, pão, açúcar, laticínios e comidas processadas) por que essas comidas são pesadas e causariam dor e contrações dos órgãos digestivos que estiveram descansando durante o jejum. Comer muito depois de um jejum pode produzir desconfortos sérios (cãibras no estômago, náusea e fraqueza) e pode anular os benefícios do jejum; isso também pode causar sérias complicações irreversíveis.
  • Após quebrar um jejum estendido, continue bebendo sucos de frutas ou vegetais porque o estômago continua desintoxicando.
  • Durante qualquer jejum que ultrapasse dois dias, seu estômago irá encolher. Não o expanda além do limite novamente por comer demasiadamente. Se você tiver uma queda por comer além da conta, se vigie para não voltar a esse hábito. Se você se treinar a comer mais levemente, seu estômago irá se ajustar aos seus hábitos.
  • Enquanto continua a beber sucos de frutas e vegetais, adicione o seguinte:
  • Do 1° ao 3° dia após o jejum (aumente o número de dias para jejuns estendidos) – coma frutas e vegetais crus / cozidos somente. Exemplos de refeições para os primeiros dias são um quilo de fruta, uma batata assada ou frita sem manteiga, vegetais cozidos, ou só uma salada de vegetais sem temperos à base de óleo. Evite bananas nos primeiros dias; elas não têm suco em si e podem facilmente causar cãibras.
  • Após esse período – você pode voltar para comidas mais pesadas como proteínas animais, mas manter uma dieta saudável depois do jejum irá te dar uma saúde duradoura e irá te permitir a jejuar de maneira correta no futuro.
  • Tenha cuidado dobrado quando for entregar um jejum de água. Comece bebendo sucos de frutas ou vegetais e gradualmente volte a comer frutas e vegetais cozidos.
  • É importante, depois de um jejum, discernir entre fome real e desejo para que você não alimente seus desejos.

Informações Médicas Importantes

  • Anos de jejum feito de forma errada podem causar danos físicos permanentes ao seu corpo. Esses efeitos negativos são tipicamente sentidos na juventude, mas eles vão se acumulando ao longo de anos jejum. Por zelo, algumas pessoas começaram a jejuar de forma extrema antes de entender como o jejum afeta o corpo; aumentar o seu conhecimento e cuidar do seu corpo.
  • Por zelo, algumas pessoas começaram a jejuar de forma extrema antes mesmo de entender como jejuar afeta fisicamente o corpo; aumentar o seu entendimento e cuidar do seu corpo seja jejuando ou se alimentando, ira’ aumentar sua habilidade de viver num estilo de jejum pelo muitos anos que virão.
  • Mulheres grávidas ou lactantes nunca devem jejuar de tudo, seja comida ou bebida, já que o jejum pode ser muito perigoso para o desenvolvimento de seus bebês, e para sua própria saúde. Mulheres grávidas ou lactantes podem entrar em tipos de jejuns do tipo que limita o consumo de apenas certos tipos de comida. Entretanto, mulheres que estão grávidas ou em período de amamentação devem sempre manter uma dieta balanceada. Qualquer tipo de jejum que leva a desintoxicação pode ser perigoso para o bebê, já que as toxinas podem afetá-lo através do leite materno ou pela corrente sanguínea.
  • Pessoas que travaram batalhas com distúrbios alimentares no passado deveriam julgar a possibilidade de jejuar com sabedoria e cuidado. O jejum não deve ser usado como razão para perda de peso; é importante retornar à dieta normal e saudável depois de um jejum longo (como descrito na seção anterior).
  • Se você tiver alguma doença diagnosticada, e/ou toma medicamento sob prescrição médica, o jejum só deve ser feito sob a supervisão direta de um médico ou profissional de saúde
  • Algumas pessoas têm problemas em jejuar e se sentem extremamente famintas, atordoadas (vertigem) e nauseadas por causa de taxas baixas de açúcar no sangue, logo eles têm de beber sucos de frutas e sucos de vegetais para ajudar a manter o nível de açúcar estável durante jejuns curtos. Se o suco contiver muito açúcar para o seu sistema, dilua-o em meia parte de água ou beba uma ‘bebida-verde’ (feita de cenouras, centeio, espinafre e salsa). Se algum desses ou outros sintomas persistirem, você deve interromper seu jejum e procurar ajuda profissional de um médico ou profissional da saúde.
  • Se você tiver problemas digestivos após romper um jejum (por exemplo, diarréia), misture um copo de molho de maçã sem açúcar com um copo de arroz parboilizado cozido. Isso deve parar a diarréia. Também, tome enzimas digestivas (peça ao vendedor da sua farmácia local) para ajudar na transição e digestão estomacal.

Esse material é exclusivamente para propósitos informativos

As informações contidas nesse material se limitam somente a opiniões, experiências e sugestões da base de missões IHOP-KC e não tem a pretensão de substituir o acompanhamento provido por seu médico ou outro profissional de saúde.

Você não deve usar essas informações para diagnosticar ou tratar problemas de saúde ou doenças, ou ainda prescrever nenhuma medicação. Adicionalmente, essas informações não têm a intenção de diagnosticar, tratar, curar ou prevenir nenhuma doença. Essas dicas foram úteis e obtiveram sucesso aplicando-as, mas elas não oferecem garantias de que você vá jejuar sem experimentar nenhuma dificuldade. Você irá precisar pesquisar por si e conversar com experts da saúde e jejuadores experientes e pedir ao Senhor constantemente para aumentar seu discernimento e sabedoria quanto ao jejum e à vida saudável.

Bibliografia adicional sobre jejum e vida saudável

The Rewards of Fasting, Mike Bickle and Dana Candler
Fast Forward, Lou Engle
Shaping History through Prayer and Fasting, Derek Prince
The Genesis Diet, Dr. Gordon Tessler
God’s Chosen Fast, Arthur Wallis
Hunger for God, John Piper  
www.billbright.com/howtofast/ www.freedomyou.com

Cory Asbury \ Let Me See Your Eyes – CD

7 de agosto de 2009

Traduzindo no Google a Resenha do IHOP sobre o disco:

O primeiro disco solo de Cory Asbury, Let Me See Your Eyes, é uma coleção de canções indie-pop refletindo claramente a paixão de Cory por Jesus  e por ver e sentir sua presença.

Cory é  honesto nas letras e expressa seu coração com um grito de conhecer a beleza de Cristo.

Ele canta com uma facilidade que convida para cantarmos junto e apreciar a proximidade do Espírito Santo.

cory_letmeseeyoureyes_banner

A variedade de gêneros em Let Me See Your Eyes o torna único para um album de Adoração.

O batida do coração deste álbum é um compromisso de empenho e devoção a Jesus, derramando a imaginação através de melodias e interlúdios instrumentais.

Vários estilos musicais são expressos em Let Me See Your Eyes, de Soul ao Rap às batidas eletrônicas. A música é abastecida por um insaciável desejo de ver Deus e ser transformado à Sua semelhança.

Os ritmos do  álbum e a acentuação dos vocais criam uma atmosfera de profunda adoração, como Cory canta sobre o esplendor e excelência de Deus.

Let Me See Your Eyes incentiva-o a celebrar a bondade do Senhor.

Serviço:


%d blogueiros gostam disto: